S01E02 Quando ele não está pronto para um relacionamento.

Eu vim contar para vocês sobre o meu ex. Não sei se posso chamar ele de “ex” porque nós nunca realmente tivemos um relacionamento – pelo menos não segundo ele., né? Se você não está exclusivo com alguém, aparentemente, isso não é um relacionamento. Não importa as horas de Skype, os choros no ombro ou todas as vezes que você largou o que estava fazendo porque a outra pessoa precisava de você. Se você não colocou um rótulo, vocês não estão juntos.

Sendo assim, não estávamos. Só que nós estávamos.

Começou no ano passado, meados de Abril, quando ele me adicionou no Facebook num sábado à noite. Começamos a conversar e, dois dias depois, ele já dizia estar tendo “sentimentos” por mim. Como confiar numa pessoa que se apaixona tão rápido? Eu sou de gêmeos, ele de áries e na intensidade de “sentir muito”, nós resolvemos ficar. Ah, se eu soubesse que esse seria o começo da minha derrocada, eu nunca teria ido encontrar com ele.

Toda essa maravilhosa de paixão à primeira conversa durou menos de um mês. Eu tinha conseguido um novo emprego e, por causa da minha ansiedade, eu não estava conseguindo dar muita atenção ao boy. Eu não estava bem, entendem? No caso, ele não conseguia entender. As cobranças de atenção começaram, discussões idiotas e palavras que não deveriam ter sido ditas. Por fim, fui eu que terminei tudo.

Leia mais »

S01E01 Eu não nasci para sentir.

18d99b5dd8f4c1161ee2849433b474fd

Este é um cliché.

Um novo relacionamento. Novo namorado. Mesma sensação de insegurança, de dúvida.

Eu já li todo o tipo de auto ajuda possível que pudesse me fazer entender que as coisas não vão se repetir.

Mas elas vão.

No meu namoro anterior eu costumava mentir. Eu fazia a namorada perfeita e dizia que tava sempre tudo bem.

O resultado? Relacionamento abusivo.

Jurei nunca mais fazer isso de novo. E não fiz. Mas mesmo sendo verdadeira, eu ainda não era o suficiente. Eu sou “chata” quanto tô ansiosa. Eu sou “insuportável” quando não me sinto bem.

Leia mais »

Para: 22 de Maio de 1992

Processed with VSCO with  preset

Recomeçar. Aprender. Mudar. Tentar de novo. Aceitar que certas coisas estão fora do nosso controle. Perdoar. Seguir em frente. Olhar no espelho e ver quem você quer ser. Ser quem você quer ser. Evoluir. Cometer erros e aprender com eles. Tentar mais uma vez. Nunca desistir.

Engraçado como dois anos tem um impacto forte na gente. Há dois anos, neste mesmo dia, eu provavelmente estava sentada no meu quarto lendo algum livro, pensando no que eu poderia fazer da minha vida. Dois meses depois eu fiz alguma coisa. Impulsiva, irresponsável e cheia de erros. Dois anos atrás eu era tudo isso e muito mais, e não que eu não seja hoje, eu apenas sou mais do que isso.

Eu mudei. Mudei de música, mudei de cidade, mudei de tom. Aprendi que nem tudo está sob o meu controle, abracei meus erros, aprendi com eles e perdoei. Perdoei as pessoas a minha volta, me perdoei.

Leia mais »